#Sundayrelfections4 – Os Cristais da Vida

Peço antes de tudo que relevem a fotografia ruim, mas ela mostra uma enorme mudança no meu jeito de pensar.

Quando casei a dois anos, ganhei um monte de presentes bacanas, mas teve um com um sabor especial.

Um jogo de taças de Cristal de uma marca muito famosa e cara, sempre tive vontade de ter, mas nunca tiver coragem de pagar o preço, mas enfim ganhei as benditas de presente, e é ai que começa a história.

Do jeito que as taças vieram eu desembalei, e guardei no armário, não lavei, nem tirei as etiquetas com medo de estragar. Depois de um tempo usei as de vinho tinto uma única vez, mas logo em seguida as lavei e guardei novamente….

…. E assim ficaram por quase dois anos, lá expostas e bem guardadas no alto do armário.

Até que sexta, passei no supermercado e fiz as compras para o jantar. Afinal tive uma semana corrida e precisava relaxar, cozinhar me relaxa.

Fiz uma carne, batatas asssadas e salada, para acompanhar um vinho barato mas que gosto muito.

Montei uma mesa simples, e  resolvi fotografar, eu estava orgulhosa da refeição que vi.

Foi aí que reparei na ironia da coisa, uma taça cara abrigando um vinho barato (custou R$ 16,00).

Damos tanto valor as coisas materiais que temos, que esquecemos de realmente aproveitar os pequenos prazeres da vida.

Fiquei tanto tempo guardando as tais taças que não aproveitei o que elas tinham a me oferecer por simples medo de quebrarem e eu ficar chateada com o jogo incompleto.

Nesses últimos dias  vi coisas e e vivi situações que nunca imaginei acontecendo, relações concretas reduzidas a nada, relacionamentos desfeitos em questão de minutos, uma vida resumida a mágoas.

Então decidi que não vou mais aproveitar a situação especial, pra usar minhas taças chiques, afinal toda situação é especial, mesmo que seja um simples jantar acompanhado de um vinho barato.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *