# Sundayreflections 4: Um minuto pra mim!!

Segunda-feira 19/03/2018; 21:49

Começo já me desculpando, pois sinceramente não sei quando esse será publicado, pois com certeza não estará bom o suficiente para que possa ser lido. Então se por acaso ler, saiba que superei e muito meus próprios preconceitos.

Dito isso vamos ao assunto: Um minuto!!

Começando o dia pelo seu início:

Acordei, tomei um banho, me arrumei dei o lanchinho da Laila, fui pro trabalho, vim pra casa no almoço, voltei a trabalhar, fiz uma aula de pilates e fui direto pra uma reunião, cheguei em casa, coisas para fazer, botei roupa pra lavar tomei um banho, deixei o resto e sentei aqui pra escrever um pouquinho.

PRECISAVA..

Meu cantinho está tão negligenciado, COITADO..

Até aí um dia quase normal na minha vida, apesar de tanta coisa, tudo se encaixou certinho no meu pequeno cronograma diário.

Nenhum problema, uma vida quase pacata, onde sento todo domingo pra planejar minha semana, já pensando no que pode acontecer e em quais imprevistos irei me meter.

Acontece que hoje o dia foi um pouco diferente do normal, inclui uma aula de pilates, vocês podem se perguntar:

“Mas qual o problema disso?”

Tirando a terapia toda semana, onde sou obrigada a desligar meu celular e falar basicamente de mim, eu nunca o desligo, sempre respondo as mensagens, de onde quer que venham, sempre atendo TODAS as ligações, quando não eu as retorno logo em seguida, ou seja, meu tempo não é exatamente meu, afinal nunca estou sozinha.

Mas hoje foi diferente, a aula era só pra mim, a dedicação de uma pessoa exclusivamente para mim, mas teve um custo, um pedido, o celular desligado por favor.

Confesso que foi a parte mais dificil do meu dia, sabendo que tinha a tal reunião logo em seguida, ficar uma hora OFF, sentindo o coitado vibrar a cada cinco minutos e não poder fazer nada, a não ser tentar me concentrar em respirar e fazer os exercícios direitinho.

Juro que meu corpo doeu inteiro, não por causa da aula, mas sim por não estar disponível, confesso que saí de lá olhando as mensagens e retornando as ligações, que nem percebi que aquele era meu tempo, e a qualidade comigo foi por água abaixo, mal aproveitei.

Sou tão dependente desse pequeno aparelho que me conecta ao mundo, uso pra tudo, inclusive de despertador, alarme para medicação, agenda, caderno de notas, câmera fotográfica, e por último um diário, afinal gravo videos com ideias para  blog (que nunca chegam aqui) ou então para depois transcrever no meu caderno de anotações (que também não faço, pois estou sempre sem tempo olhando o celular).

Só percebi no banho o quanto isso anda me fazendo mal, e isso tá refletindo em muitos aspectos da minha vida, fico só planejando o futuro, que nada sai do lugar, minha vida tá uma desordem, aqui anda cheio de rascunhose e titulos de post que nunca são concluidos, esperando o tempo que eu irei tirar pra mim, pra fazer as coisas que me alegram sem ter de parar para checar as mensagens do celular.

O dia de hoje me serviu de lição, um tempinho de qualidade comigo mesma, é sempre necessário, seja uma hora ou mesmo um pequeno minuto, desde que eu me desligue do mundo e me concentre em mim. Um pouquinho de qualidade será sempre bem vindo.

Esse texto pode ter ficado longo, mas tire um tempinho pra você, não seja igual a mim, que precisei chegar mais uma vez em casa esgotada do dia que tive pra perceber que nada nem ninguem nesse mundo pode ser mais importante do que eu mesma.

Afinal a reunião lá do início, começou sem mim e nem por isso o mundo parou.

 

PS: depois desse dia, pensei em mim mais vezes e isso fez toda diferença do mundo.

 

Beijokas..

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *