#SundayReflections 1 – Você está onde gostaria?

Gostaria de começar explicando o motivo de iniciar o contador das reflexões:

Ano novo, vida nova, então nada mais justo começar tudo novamente, afinal temos um novo livro para escrever em 2018 e eu quero que esse seja inesquecível. Uma pequena jornada.

Eu passei os últimos dias de 2017 tentando encontrar meu lugar no mundo, no último post do ano, prometi tentar não me cobrar mais e também não estabeleci as famosas metas, para não me frustar caso não consiga cumpri-las.

Também passei os últimos dias tentando responder a pergunta do titulo, e claro não consegui encontrar as repostas que tanto procuro.

Sabe, não sou um pessoa invejosa, fico sinceramente feliz pelo sucesso dos meus amigos e familiares, torço por cada um e sofro quando as coisas não dão certo.

Só que olhando ao meu redor, percebo que todos a minha volta evoluíram como pessoas e como profissionais, traçaram objetivos e estão seguindo em frente. E eu aqui… parada, feito uma estaca cravada no chão que não consegue sair do lugar.

Parei no tempo. Meus projetos, minhas ideias, nunca saem do lugar; nado,nado, nado…. morro na praia.

Posso parecer repetitiva, batendo sempre na mesma tecla, mas nada muda o fato, de que não estou onde gostaria, apenas estou onde devia estar, afinal, sigo sempre reclamando que nada dá certo, mas também não tento fazer nada para mudar.

A trava que me prende e me impede de prosseguir com meus sonhos e projetos é o medo da reação das pessoas, cada palavra negativa que recebo e absorvo me afundam num mar de frustração, afinal se ninguém gostar ou aprovar não deve ser feito.

Críticas negativas me afetam mais do que deveriam.

O primeiro passo já dei, foi reconhecer que mereço mais do que tenho e que para isso devo mesmo me dedicar mais, me esforçar mais, mesmo que isso doa, mesmo que meu corpo e minha mente me digam para parar, eu devo continuar.

Digo isso por mim, mas acredito que possa ajudar alguém na mesma situação que eu.

E se você também não está onde gostaria, não desista como eu já desisti ante, siga em frente e colha os frutos de seus esforços.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *