Querido 2016.

E mais um ano chega ao fim…

Tenho certeza de que quase ninguém passará por aqui hoje, afinal estamos todos nos preparando para as últimas horas de 2016 e ansiosos pela chegada de 2017, mas eu precisava dar uma passada aqui, me despedir, fazer um balanço de como foi o ano, e deixar meus sonhos para 2017 registrados.

Querido 2016,

Não foi nada fácil passar por você, você impôs muitos obstáculos, dificuldades que eu não imaginava que passaria, mas eu consegui, sobrevivi e quase venci a corrida.

Fiz inúmeras promessas e não cumpri quase nenhuma, tive sonhos imensos e desisti sempre no meio do caminho. Claro que a culpa foi minha, afinal nem sempre o outro compartilha da mesma vontade que nós, então na maioria das vezes caminhamos sozinhos, o que torna o trajeto um pouco mais difícil.

Fui acordar para a vida quase no meio do ano, e quando me toquei que deveria fazer algo, você já estava quase no fim, deixando em mim um pouco de frustração, mas não tem problema próximo ano eu recupero o tempo perdido.

Recuperar o tempo perdido, poxa vida 2016, passei o ano todo dizendo na segunda eu vou pra academia, amanhã começo a dieta, hoje não to meio cansada… entre outras coisas.

E claro com esse mantra na cabeça fui adiando, perdi coisas importantes, e me importei com coisas banais. Fui a passos de tartaruga tentando me encaixar em algum lugar, colocar os problemas na mesa e resolver um a um, não tentei mais abraçar o mundo e resolver tudo de uma vez, e isso foi uma libertação incrível, não é um processo simples, mas é eficiente.

Esse cantinho ficou quase abandonado, sem rumo, sem cuidado e quase desisti dele, sem empolgação fui fazendo as coisas mal feitas, pela metade, desanimei mais inda e eu não sou assim. 

Não consegui sozinha, procurei ajuda e foi a melhor coisa que fiz em muito tempo, afinal quando temos dificuldades para caminhar, nada melhor que um ombro amigo para nos apoiar.

Por fim 2016, o que tenho a dizer é que você não facilitou em nada minha vida, mas isso não foi de todo ruim, me fez ser um pouco mais forte e determinada, correr atrás de meus sonhos e não desistir nunca, mesmo que nem sempre saiam conforme o plano,pois a teoria quando na prática nem sempre é perfeita”.

Adeus 2016!!

Beijokas!!

E nos vemos em 2017!!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *