Quando o desânimo bate

E esse dia algum dia deveria chegar…

Quando criei esse espaço lá em 2014, tinha muita vontade, algumas ideias eu um sonho de me tornar conhecida pelas minhas palavras.

Acontece que quase 4 anos e muitos revezes depois, um desanimo que vinha me consumindo acabou por me tomar completamente, minha timidez, vergonha e medo do que as pessoas falam, me fizeram desistir de continuar a escrever publicamente por aqui, afinal de contas gosto de falar sobre mim, um pouco de moda, esmaltes e fotografias, assuntos que eu ouvi outro dia, não tão interessantes para pessoas da minha idade, disseram que já estou velha para escrever em blogs, que isso é coisa de gente que não tem o que fazer da vida.

Confesso que fiquei ainda mais abalada, principalmente depois de ontem quando decidi abrir meu coração, reconhecer que preciso de ajuda e tentar mostrar o passo a passo da minha jornada.

Estou triste, sim estou, esse espaço apesar de muito pequeno, me trouxe alguma alegria durante algum tempo, e optar por fechá-lo é quase como me despedir definitivamente de alguém muito querido.

Então depois de muito pensar (já venho pensando nisso a algum tempo) decidi que por hora o melhor a fazer é tornar esse meu pequeno diário privado, não vou desistir dele, não exclui-lo, continuarei por aqui escrevendo sobre o que me move nessa vida, minha jornada em busca de uma vida mais saudável, em busca de mim.

Já fechei o face, o tumblr, o google+ e o instagram que leva o nome do blog, vou manter apenas o instagram que uso com meu nome e minha página pessoal do face (que quase não uso).

Esse espaço agora se tornará meu diário pessoal de fato, definitivamente o espaço para o qual foi criado.

Mês que vem ele fará 4 anos, quem sabe algum dia eu volte a torná-lo público, quem sabe algum dia alguém lerá essas páginas e se identificará com minhas palavras e possa receber algum conforto?

QUEM SABE, NÉ?

Beijokas!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *