O Que seria de mim sem a fotografia?

Uma pequena carta aos meus novos amigos

 

Eu sempre gostei de aprender, pode ser nas mais diversas áreas, se eu me identificar, to lá tentando.

Mas minha paixão por fotografia sempre foi latente, amo sempre estar com uma câmera nas mãos e isso vem desde a infância, quando ganhei minha primeira máquina, ainda analógica.

E sempre foi assim, seja com celular ou uma câmera simplezinha, estou sempre clicando alguma coisa apesar da timidez.

Ano passado ganhei minha primeira DSLR (uma Canon T5) do mano, e como não sabia nada sobre ela, lá fui eu me matriular em um curso de fotografia.

Confesso que as primeiras aulas para mim foram um verdadeiro desastre, não conseguia interagir com ninguém e ficava enfiada em um canto qualquer da sala, mal olhava pra frente. E isso deu uma prejudicada sim… a timidez atrapalha sempre.

Mas não to aqui pra falar dos meus problemas e sim da jornada até 08/02, quando acabou meu curso.

Fizemos uma pequena exposição e me senti completamente realizada por ter algo feito por mim, visto pelos outros.

Abri minha mente para o novo, me dispus a conhecer as pessoas ao meu redor, e poss dizer com todas as letras que aprendi muito mais que fotografia.

Conheci as mais diversas personalidades e um professor incrível. Cada um me ensinou uma coisa diferente. Não tinha isso de o meu é melhor que o seu. Todo mundo tinha algo a aprender e principalmente algo a ensinar.

Confesso que esperava ansiosamente pelas quintas feiras, e só de pensar que agora não tem mais, me dá um vazio no peito, pois eu podia ter o pior dia da semana, sempre tinha as quintas para me animar.

E os passeios??

O Zoológico nunca foi tão colorido como aquele dia frio de Agosto.

O meio do mato nunca foi tão convidativo, a anos não me divertia em um lugar onde mal pegava o celular, quem dirá internet. Foi tão bom que fomos DUAS VEZES.

E a estação de trens, nosso primeiro passeio? Moro aqui a 26 e nunca havia entrado lá, a noite então nem cogitei a ideia.

E bolos, a anos não comia tanto bolo assim, aniversário do Vah, da Erica, do Léo, do Professor… e porque queriamos mesmo.

Não aprendi apenas fotografia, aprendi a ser um ser humano melhor, a me divertir, a rir de mim, a levar uma vida mais leve.

E por fim o mais importante. Fiz novos amigos, pessoas que quero levar pra vida toda.

Redescobri minha paixão e isso foi o mais importante nos últimos meses.

Sentirei falta de todos vocês.

Vamos celebrar a vida, registrar momentos e eternizar emoções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *